interracial dating
interracial dating
free dating sites uk
christian dating
FacebookYouTubeTwitter

AAUTAD

Versão para impressão
PDF

TÉNIS- Treinos de captação

 

 

A Secção de Ténis da AAUTAD, divisão desportiva da academia transmontana, que desde 1991, data da sua génese, tem vindo a granjear notoriedade (tendo, por exemplo, atingindo o patamar da 2.ª Divisão Nacional de Inter-Clubes e sido distinguida com o prémio Instituto do Desporto de Portugal - “Reconhecer o Mérito”), promove neste início de aulas mais um período de Treinos de Captação. O êxito desportivo deste grupo vem sendo confirmado há mais de duas décadas nas mais diversas competições, designadamente nos torneios abertos da Federação Portuguesa de Ténis, nos diferentes Campeonatos Regionais, nos Inter-Clubes, nas provas da Federação Académica do Desporto Universitário (FADU), no Torneio Interno da UTAD, nas provas oficiais organizadas localmente - Duplas Open; Open da AAUTAD; Open Aniversário Secção de Ténis e Open Antigos Alunos, entre outros. Por isso, se és competitivo e tens espírito académico, aparece! Se chover…

Bem, para mais informações… Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar


Post Scriptum:

Este texto foi escrito com manifesta inobservância do Acordo Ortográfico.

 

 

Versão para impressão
PDF

Barraquinhas 2014

Inicia hoje uma das semanas mais importantes para os novos alunos da Academia: a semana em que estes conhecem pela primeira vez o Campus e a Cidade. Esta semana é também sinónimo de receção a todos os alunos da UTAD com as bem conhecidas BARRAQUINHAS!

A AAUTAD deseja a todos as maiores felicidades para este ano letivo! Contamos com vocês!


Versão para impressão
PDF

XV “Duplas” Open da AAUTAD

 

 

A Secção de Ténis da AAUTAD organiza este fim-de-semana (6 e 7 de Setembro) mais uma edição do Duplas Open, prova de nível C integrada no calendário oficial da Federação Portuguesa de Ténis (FPT). Sumulamente, na edição transacta, Amadeu Fernandes (na foto), da Associação Académica da UTAD, discutiu com Rafael Feliciano, actual representante do Ténis Clube de Chaves, o título de vencedor individual. No derradeiro encontro, Amadeu Fernandes, atleta e treinador da academia transmontana, não vacilou e, perante o jogador do emblema flaviense, venceu pelos esclarecedores parcelares de 6/1, 6/0. A final foi marcada pela consistência e espírito de superação que permitiram a Amadeu Fernandes variar ritmos - com pancadas planas, liftadas e muito slice de esquerda -, e mitigar as armas de seu tenaz opositor , em especial a sua sólida direita. Para esta edição, aos interessados e portadores da Licença FPT - Jogador devidamente regularizada, avisa-se que o prazo de inscrição finda no dia 4, pelas 20h. Para mais informações, devem contactar o Departamento de Desporto da AAUTAD, através do telemóvel 963265943 ou pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar .

Post Scriptum:
Este texto foi escrito com manifesta inobservância do Acordo Ortográfico

 

 

Versão para impressão
PDF

XXIV Torneio Festas de Nossa Senhora dos Remédios

Henrique Vaz vice-campeão num “B”

A competição esteve, como habitualmente, integrada nas festividades em honra de Nossa Senhora dos Remédios, também conhecida por Romaria de Portugal. Assim, durante cerca de três semanas, num programa diversificado, englobando concertos, procissões, arraiais, eventos culturais e desportivos de forma a atrair muitos veraneantes, o Ténis Clube de Lamego realizou a edição XXIV deste evento. Esta prova nível B (+35), inserida no Calendário Oficial de Provas da Federação Portuguesa de Ténis e muito sui generis pelos “comes e bebes” com que a organização brinda os seus participantes, foi repartida pelos courts do Complexo Desportivo de Lamego, da Quinta da Timpeira (Turismo Rural) e ainda da Junta de Freguesia de Vila Nova de Souto D’el Rei. O quadro principal contou, entre outros, com “trutas” muito respeitáveis do ranking nacional. Assim, assinale-se os quatro cabeças-de-série: Nuno Soares (n.º 3 / ANA Gondomar), André Pereira (n.º 26 / GC Vilacondense), Ricardo Lopo (n.º 30 / TC Chaves) e Marco Pereira (n.º 35 / C. Moinho Mar). Na grelha competitiva, também esteve presente o atleta da AAUTAD, Henrique Vaz (n.º 72 FPT), que obteve mais um resultado digno de registo. Vaz (na foto) acedeu à final, que se disputou no Domingo, depois de ter ultrapassado os seguintes opositores: 1.ª ronda - Nuno Figueiredo (TC Lamego) - 6/1, 6/2; ¼ final - Marco Pereira (C. Moinho Mar) - 6/3, 6/0 e na ½ final - André Pereira (GC Vilacondense) - 6/3, 6/3. A final foi disputada face ao primeiro designado do quadro, Nuno Soares (n.º 3 FPT), e neste confronto, o tenista da Associação Académica da UTAD não desiludiu. Aliás, como é normal! No entanto, num jogo muito disputado e com a “companhia” de uma temperatura bem alta, o resultado acabou por “cair” para o representante de Gondomar, “Capital da Ourivesaria”, por equilibrados 6/4, 6/4. Dada a tradição dos gondomarenses, nomeadamente a minuciosa filigrana, esta é uma arte que requer uma boa visão! No caso, um bom oftalmologista seria aconselhado ao vencedor do torneio. Problemas de alguma acuidade visual, como miopia, astigmatismo ou hipermetropia, nunca são um bom “cartão-de-visita” para um tenista! Enfim… Ainda assim, um excelente desempenho do tenista da AAUTAD que, em honra da padroeira local, talvez merecesse um “longo passeio” pelo Escadatório dos Remédios! J

AF.

 

Post Scriptum:
Este texto foi escrito com manifesta inobservância do Acordo Ortográfico